Bahia foi o estado mais gerou empregos de carteira assinada nos quatro primeiros meses do ano no Nordeste – Nova FM

Bahia foi o estado mais gerou empregos de carteira assinada nos quatro primeiros meses do ano no Nordeste

Estados ofereceu mais de 22 mil vagas entre janeiro e abril, aponta Caged. Só em abril foram mais de 10 mil vagas.

A Bahia foi o estado do Nordeste que mais gerou empregos de carteira assinada nos primeiros quatro meses de 2019, segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). No total, foram mais de 22 mil vagas.

No Nordeste, apenas a Bahia e o Maranhão (+3.470 postos) totalizaram saldos positivos. Em contrapartida, sete estados nordestinos totalizaram acumulados negativos. Pernambuco (-25.698 postos) foi seguido por Alagoas (-21.796 postos), Paraíba (-7.629 postos), Rio Grande do Norte (-5.927 postos), Ceará (-5.624 postos), Sergipe (-4.031 postos) e Piauí (-2.803 postos).

No acumulado, sete setores de atividade registraram saldos positivos: Serviços (+7.797 postos), Construção Civil (+7.113 postos), Indústria de Transformação (+4.492 postos), Agropecuária (+3.942 postos), Administração Pública (+468 postos), Extrativa Mineral (+342 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (+302 postos). Em contrapartida, Comércio (-2.323 postos) apresentou saldo negativo

A Bahia também foi líder em relação a abril, quando mais de 10 mil empregos de carteira assinada foram gerados. O número é o melhor para o mês desde 2014.

Ainda de acordo com os dados, o resultado superou, também, o saldo do mês de março, apenas pouco mais de 2 mil postos de trabalho foram criados, sem as declarações fora do prazo.

Setorialmente, conforme o Caged, todos os segmentos contabilizaram saldos positivos: Agropecuária (+2.461 postos), Indústria de Transformação (+2.438 postos), Serviços (+2.328 postos), Construção Civil (+1.575 postos), Comércio (+772 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+212 postos), Administração Pública (+194 postos) e Extrativa Mineral (+113 postos).

Construção civil é um dos setores com saldo positivo  — Foto: Reprodução/TV Bahia

Construção civil é um dos setores com saldo positivo — Foto: Reprodução/TV Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *