Gráfica ligada ao DC recebeu R$ 350 mil de candidatas com votação irrisória na BA – Nova FM

Gráfica ligada ao DC recebeu R$ 350 mil de candidatas com votação irrisória na BA

Uma gráfica ligada ao DC recebeu mais de R$ 350 mil em verba pública para o fornecimento de material de campanha para quatro candidatas do partido com indícios de candidaturas laranjas nas Eleições 2018.

Juntas, Maria do Socorro de Cristo (DC), Luciene Alves Vieira (DC), Neiva Maria Santana Guerra (DC) e Ana Claudia da Silva Lima (DC) somaram pouco mais de 600 votos no pleito, mas receberam do Fundo Especial de Financiamento de Campanha um total de R$ 434.900,00.

Dessa verba, pelo menos R$ 351 mil foram destinados a gráfica Expressão Papelaria e Serviços, que pertence a Noel da Silva Vilela Filho, filiado ao partido Democracia Cristã desde 2011. Todos os serviços foram contratados entre os dias 19 de setembro de 2018 e 29 de setembro do mesmo ano.

Também candidata a uma cadeira na Câmara dos Deputados pelo DC, Simone Gomes é mais uma que apresenta indícios de candidatura laranja. Segundo declaração ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ela gastou R$ 25 mil com santinhos e R$ 48 mil em adesivos no período entre os dias 19/09 a 25/09/2018. Mesmo com o investimento de milhares de reais do partido, Gomes conquistou pouco mais do que 140 votos no pleito de 7 de outubro.

O maior gasto registrado por Simone Gomes foi com a gráfica Lumipack no valor de R$ 54,8 mil. Também há registro de gastos com contabilidade e tarifas bancárias. Chama atenção para o fato de que apesar de todo investimento em material gráfico, a candidata não ter contratado nenhum serviço de panfletagem.

Considerando o valor de mercado de R$ 15 por folha adesiva em uma gráfica de Salvador, e se considerar a impressão de risórios quatro adesivos por folha, Simone somaria um total de 13.012 adesivos para serem distribuídos sem panfletagem a menos de um mês do pleito. A candidata teria elaborado, no mínimo, 91 adesivos para cada um dos votos que recebeu.

Outro indício da candidatura simulada de Simone é sua página no Facebook. Criada em 8 de setembro de 2018, a rede social não possui publicações ou qualquer registro de campanha política.

“LARANJAL” DO DC

A candidata cujo cada voto custou mais caro entre as cinco em questão foi Maria do Socorro de Cristo. A postulante a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) recebeu R$ 100 mil do Fundo Especial e somou apenas 42 votos nas eleições de outubro de 2018.

Na declaração de gasto dela o maior investimento foi nos serviços da gráfica Expressão Papelaria e Serviços, de Noel Vilela, no valor de R$ 79,4 mil. Socorro teria contratado para ela a impressão de santinhos, panfletos e adesivos, entre os dias 14 de setembro e 26 de setembro do ano passado.

Constam ainda pagamentos referentes a coordenação de campanha (R$ 10 mil), serviços de contabilidade (R$ 10 mil) e de panfletagem (R$ 550).

Procurando por combinações do nome de Maria do Socorro de Cristo e acrescentando a expressão “deputada estadual” não foram encontrados registros de perfis, páginas ou publicações nas redes sociais.

As eleições de 2018 foram as primeiras com um Fundo Especial para a campanha de mulheres. O TSE também estipulou uma cota mínima de candidaturas femininas no pleito.

Aplicada pela primeira vez, a lei pode ter ajudado a gerar as candidaturas laranjas no DC baiano, como também no PSL do presidente Jair Bolsonaro, conforme mostrou o jornal Folha de S.Paulo .

Somando R$ 134,9 mil de valor recebido para a campanha, a também candidata a deputada estadual Luciene Alves Vieira somou 96 votos. Ela gastou R$ 1.405 por cada voto recebido. O maior investimento da candidata também foi na Expressão Papelaria e Serviços, no total de R$ 113,85 mil na contratação de impressão de santinhos político milheiro, bandeiras, cartazes e adesivos, entre os dias 19 e 28 de setembro de 2018.

Na declaração de gastos da candidata constam ainda a contratação de serviços de contabilidade (R$ 10 mil), coordenação de campanha (R$ 10 mil) e de uma pessoa para serviço de panfletagem (R$ 1 mil). Não há registro de perfil das redes sociais com o nome da candidata Luciene.

A receita de Neiva Maria Santana Guerra registrada no portal do TSE para a campanha foi de R$ 100 mil, composta pelo Fundo Especial e uma doação que ela mesmo fez no valor de R$ 6,24.

Ela recebeu 151 votos, cada um deles custou a candidata R$ 662. Assim como Luciene e Socorro, Neiva Maria investiu a maior parte do recurso recebido na contratação de serviços da gráfica Expressão Papelaria e Serviços. O estabelecimento lucrou R$ 79.400 no fornecimento de santinhos, bandeiras, adesivos e panfletos com a suposta candidata. Apesar do investimento em material gráfico, não consta na declaração a contratação de serviço de panfletagem.

No Facebook é possível encontrar uma publicação de uma imagem de Neiva Maria, com o número da candidata (2706), mas feita por uma pessoa chamada Mayara Santana, no dia do primeiro turno da eleição.

Quando pesquisado combinações do nome e sobrenomes da candidata foi possível encontrar um perfil cujas características físicas da foto utilizada no perfil se assemelha com a utilizada no registro de candidatura do TSE.

No entanto, na página não constam publicações referentes a propagandas política, eleições ou candidaturas de nenhum tipo. O Bahia Notícias tentou entrar em contato através desse perfil, mas não obteve êxito até o fechamento desta reportagem.

Entre as candidatas em questão Ana Claudia da Silva Lima recebeu o maior número de votos, 390, cada um deles custou R$ 256. Ela também recebeu R$ 100 mil do Fundo Especial e investiu a maior parte na contratação dos serviços da gráfica do colega de partido Noel da Silva Vilela Filho.

A Expressão Papelaria lucrou R$ 79 mil para a produção de cartões de visita, santinhos, jornais informativos e outros materiais gráficos entre os dias 19 e 27 de setembro de 2018. A candidata investiu R$ 21,2 mil somente em santinhos e R$ 750 no serviço de panfletagem. Com contabilidade foram gastos R$ 10 mil assim como com a coordenação de campanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *